Internacional

Japão revisará sua política básica sobre descarte de lixo radioativo de alto nível

Compartilhar

O governo japonês está planejando revisar pela primeira vez em 8 anos sua política básica sobre a disposição final de resíduos radioativos de alto nível. Uma versão preliminar da nova política dá maior ênfase à responsabilidade do próprio governo em encontrar locais de disposição final.

O governo diz que os resíduos radioativos de alto nível das usinas nucleares serão enterrados a uma profundidade de mais de 300 metros no subsolo em locais de disposição final. Ainda não decidiu onde os locais de disposição serão localizados.

Pesquisas de viabilidade estão em andamento em dois municípios de Hokkaido desde 2020 para determinar se as duas áreas candidatas são adequadas como locais de disposição final. Mas nenhuma outra área se apresentou para se tornar tais locais candidatos desde então.

Os municípios locais de Hokkaido instaram o governo central a trabalhar mais para aumentar o interesse nacional sobre o assunto.

Uma versão preliminar da política revisada tem a nova redação de que o governo como um todo abordará a questão da disposição final sob sua própria responsabilidade.

O rascunho pede que a Organização de Gerenciamento de Resíduos Nucleares, apoiada pelo governo, juntamente com as concessionárias que operam usinas nucleares, visitem mais de 100 municípios para encorajar alguns deles a se candidatarem a locais candidatos para disposição final.

Um novo fórum também seria criado para discussões com os chefes dos governos locais que abrigam usinas nucleares.

O governo espera que esses esforços ajudem a aumentar o número de áreas candidatas e promovam a seleção de locais de disposição final.

Fonte: NHK World


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo